ANTIMICROBIAL ACTIVITY OF ANTIBIOTIC PASTES USED IN PULP THERAPY THROUGH DIRECT CONTACT WITH A MULTISPECIES BIOFILM: A PILOT STUDY

  • Mariana Sancas Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Anne Caroline Lunardi de Souza
  • Amanda Souza Nunnes Monteiro
  • Andréa Vaz Braga Pintor Departamento de Odontopediatria e Ortodontia da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Maysa Lannes Duarte Departamento de Odontopediatria e Ortodontia da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Laura Salignac de Souza Guimarães Primo Department of Pediatric Dentistry and Orthodontics, School of Dentistry, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Resumo

Objetivo: Avaliar a atividade antimicrobiana de pastas antibióticas utilizadas na técnica Lesion Sterilization and Tissue Repair (LSTR), através de nova metodologia de contato direto com membrana contra um biofilme multiespécies e estabelecer diluições adequadas para avaliação. Métodos: CTZ (cloranfenicol, tetraciclina,
óxido de zinco) e duas formulações de pastas 3Mix (Ciprofloxacina, Metronidazol e Minociclina), 3Mix1 e 3Mix3, foram avaliadas, além dos grupos controle, negativo (solução salina a 0,9%) e positivo (clorexidina 0,2%). Biofilmes de Candida albicans e Enterococcus faecalis cultivados sobre membranas de celulose (n=10) durante 24 h foram expostos diretamente em contato com quantidades padronizadas de pastas frescas e controles (n = 2) por 24 h. As membranas foram imersas em 900 μL de solução salina e sete diluições seriadas foram obtidas por amostra. O plaqueamento para cada diluição (n = 2) foi realizado em meios de cultura para microrganismos totais e seletivos para Candida spp. e Enterococcus spp. para contagem de unidades formadoras de colônias (UFC). Para comparação entre grupos, os dados da contagem de UFC foram convertidos em log10 UFC / mL e o teste Mann-Whitney foi aplicado (p<0,05). Resultados: Observou-se inibição de UFC para todas as pastas, maior para CTZ no meio seletivo para Candida (p<0,001) e 3Mix1 nos demais meios (p<0,004). Conclusão: Concluiu-se que as pastas apresentaram atividade antimicrobiana contra o biofilme multiespécies testado e que a nova metodologia de contato direto proposta foi eficiente. Além disso, as diluições utilizadas mostraram-se adequadas para essa metodologia.

Publicado
2020-10-06
Como Citar
SANCAS, Mariana et al. ANTIMICROBIAL ACTIVITY OF ANTIBIOTIC PASTES USED IN PULP THERAPY THROUGH DIRECT CONTACT WITH A MULTISPECIES BIOFILM: A PILOT STUDY. Revista Científica do CRO-RJ (Rio de Janeiro Dental Journal), [S.l.], v. 5, n. 1, p. 17-23, out. 2020. ISSN 2595-4733. Disponível em: <https://cro-rj.org.br/revcientifica/index.php/revista/article/view/127>. Acesso em: 30 out. 2020.
Seção
Artigos