MULTIDISCIPLINARY CONSERVATIVE MANAGEMENT OF DENTAL FRACTURE IN YOUNG PATIENT: CASE REPORT

  • Aline dos Santos Letieri Department of Pediatric Dentistry and Orthodontics, School of Dentistry, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil.
  • Lucas Alves Jural School of Dentistry, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil.
  • Paula Moraes Lima Department of Pediatric Dentistry and Orthodontics, School of Dentistry, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil.
  • Cinthia Marques Sperduto School of Dentistry, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil.
  • Jeane Batista dos Santos School of Dentistry, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil.
  • Lívia Paes Borges Department of Dental Clinic, School of Dentistry, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil
  • Luiza Seabra Martins Mattos Department of Dental Clinic, School of Dentistry, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil.
  • Thaís Rodrigues Campos Soares Department of Pediatric Dentistry and Orthodontics, School of Dentistry, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil.
  • Gisele Damiana da Silva Pereira School of Dentistry, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil.
  • Lucianne Cople Maia Department of Pediatric Dentistry and Orthodontics, School of Dentistry, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brazil.

Resumo

Introdução: O manejo de dentes permanentes fraturados por traumatismo dentário em pacientes jovens é desafiador e requer uma abordagem eficiente. Objetivo: Descrever o tratamento conservador e multidisciplinar em um caso de traumatismo dentário de um menino de 13 anos de idade. Relato do caso: Ao exame clínico foi verificada uma fratura de esmalte e dentina no incisivo central superior esquerdo e uma fratura complicada no incisivo lateral superior direito, com extensão subgengival da margem na face palatina, e não foram observados edema ou deslocamento dentário. Ao exame radiográfico, não foram verificadas alterações pulpares ou perirradiculares. Foi proposta realização de aumento da coroa clínica do incisivo lateral superior direito para posterior realização do tratamento endodôntico. Para os dois dentes traumatizados foi proposta a realização de restauração direta com resina composta, proporcionando um tratamento menos invasivo ao incisivo lateral superior direito, ao invés de submetêlo a um tratamento protético, como a colocação de uma coroa total cerâmica, principalmente devido à pouca idade do paciente. Na visita de dois anos de acompanhamento, observou-se a manutenção da saúde dos tecidos periapicais e ausência de alterações clínicas. Conclusão: As restaurações se mantiveram em boas condições e a estética foi considerada satisfatória pelos profissionais, paciente e pais.

Publicado
2020-10-06
Como Citar
LETIERI, Aline dos Santos et al. MULTIDISCIPLINARY CONSERVATIVE MANAGEMENT OF DENTAL FRACTURE IN YOUNG PATIENT: CASE REPORT. Revista Científica do CRO-RJ (Rio de Janeiro Dental Journal), [S.l.], v. 5, n. 1, p. 87-91, out. 2020. ISSN 2595-4733. Disponível em: <https://cro-rj.org.br/revcientifica/index.php/revista/article/view/136>. Acesso em: 30 out. 2020.
Seção
Relato de Caso