REABILITAÇÃO ESTÉTICA E FUNCIONAL EM PACIENTE COM CÁRIE NA PRIMEIRA INFÂNCIA: RELATO DE CASO

  • Isabella Sichieri Germano Alves Departamento de Odontologia, Universidade de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil
  • Carla Oliveira Favretto Departamento de Odontopediatria, Faculdade Morgana Potrich, Mineiros, Goiás, Brasil
  • Liliana Carolina Baéz-Quintero Departamento de Odontologia Preventiva e Restauradora, Faculdade de Odontologia, Universidade Estadual Paulista, Araçatuba, SP, Brasil
  • Laura Imbriani Bento Departamento de Odontologia, Universidade de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil
  • Natália Maria Castorino de Oliveira Departamento de Odontologia Preventiva e Restauradora, Faculdade de Odontologia, Universidade Estadual Paulista, Araçatuba, SP, Brasil
  • Cristiane Duque Departamento de Odontologia, Universidade de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil
  • Marcelle Danelon Departamento de Odontologia Preventiva e Restauradora, Faculdade de Odontologia, Universidade Estadual Paulista, Araçatuba, SP, Brasil

Resumo

Introdução: Cárie na Primeira Infância (CPI) é o termo utilizado para descrever a cárie dentária em crianças menores de 6 anos de idade. Objetivo: Relatar o tratamento reabilitador estético e funcional de uma criança com CPI. Relato do caso: Paciente do sexo masculino, 5 anos de idade, compareceu à clínica de Odontopediatria da Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), acompanhado pela mãe, que relatou como queixa principal dor e presença de cárie. Ao exame clínico intrabucal, constatou-se na arcada superior lesões de cárie em todos os dentes, exceto nos dentes 55, já restaurado, e dente 65, hígido. Na arcada inferior, lesões de cárie foram observadas nos dentes 74 e 84. Após diagnóstico clínico e radiográfico, optou-se por realizar a confecção de coroa de aço para os dentes 74 e 84, exodontia dos dentes 51, 52, 61 e 64, instalação de aparelho mantenedor de espaço funcional removível e restaurações dos demais dentes afetados com compósito resinoso. Conclusão: Foi possível recuperar as funções estéticas, fonéticas e mastigatórias do paciente, colaborando para a melhora da autoestima da criança, o que gerou satisfação dos familiares. A educação em saúde bucal realizada com a criança e os responsáveis foi essencial para o sucesso do tratamento e a manutenção da saúde bucal.

Publicado
2020-12-31
Como Citar
Alves, I., Favretto, C., Baéz-Quintero, L., Bento, L., de Oliveira, N., Duque, C., & Danelon, M. (2020). REABILITAÇÃO ESTÉTICA E FUNCIONAL EM PACIENTE COM CÁRIE NA PRIMEIRA INFÂNCIA: RELATO DE CASO. Revista CientíFica Do CRO-RJ (Rio De Janeiro Dental Journal), 5(3), 48-53. Recuperado de https://cro-rj.org.br/revcientifica/index.php/revista/article/view/194/120
Seção
Relato de Caso